sábado, 20 de junho de 2009

Por um triz.

Não quero o afogamento do erro.
Mas o teu beijo de esquecimento.
O rompimento das tuas amarras e turronices.
As lembranças das nossas esquisitices.
Não quero o tempo perdido na briga chula.
Mas o nosso suspirar encontrado sob a Lua.
O estilhaçar dos nossos paradigmas apaixonados.
Porque tudo tem de ser tão calado, sossegado.
E no final o que sobra é o meu coração completamente estraçalhado.
Não quero o teu fazer sentido.
Mas o vai e vem da tua libido.
O rompimento das lógicas e racionalidades.
A minha lambida cheia de maldade.
Não questione nem argumente minhas frases ruins.
Me mastigue sem fim!
O meu desejo é uma bailarina sob as tuas postas.
E do que será tu realmente gosta??
Não quero o afogamento do erro desastrado.
Quero vc aos meus pés maltratado.
O amor é pedaços, ruínas e dor.
Eu já permitir os cortes infindos dessa paixão.
Só falta o teu orgulho ao chão.
Lance fingimento sobre delicadeza.
Mentiras sinceras sobre a mesa.
Rolam dados, o tempo e nossos olhares calados.
Malditos traçados!!!
No fim o que se diz???
Estamos meu bem por um triz.

11 comentários:

Poetíssima disse...

'O rompimento das lógicas e racionalidades.
A minha lambida cheia de maldade.'

ADORO!

Incrível, moça!

Amei!

Abraços!

Poetíssima.
www.soirild.blogspot.com

Carol Freitas disse...

Adorei o jogo de palvras.
Mto bom!

Abs!

Keidy Lee Jones disse...

De Gênia!
abs.

Romyna disse...

Roubei pra postar no meu blog AGORA. Amorzinho, juro que vou respeitar os direitos autorais. Morro de medo de processo.

Beijos, Lalis!!!

Romyna disse...

Roubei pra postar no meu blog AGORA. Amorzinho, juro que vou respeitar os direitos autorais. Morro de medo de processo.

Beijos, Lalis!!!

Patricia disse...

fiquei conhecendo o blog só agora... maldade sua que nao divulgou. Adorei
Parabéns

Thaís Duarte disse...

Maravilhoso poema,maravilhosa Lalis =) !
ADOREEI

Cel França disse...

Lalinha,tu é perfeita.

só digo isso,beijo amoura!

Tato Barba disse...

Nossa! Quanta intensidade!

Deu pra sentir daqui! rs

Beijo

Sara S. disse...

É um poema deveras violento. E por isso intenso, como já fi dito anteriormente. Como todos os demais, foi escrito elegantemente com o uso adequado das palavras. Gostei :)Bjs

Jéssica V. Amâncio disse...

realmente..acho que estou por um triz.