terça-feira, 14 de abril de 2009

Trinta.

É isso que se sente aos trinta?
Uma certeza de exatidão.
Uma leve despreocupação.
Uma consciência sorridente.
O deliciar-se em conhecer gente.
Gente no gênero humanos.
A despreocupação ou não com certos panos.
Ah....confusos trinta.
Ao olhares no espelho não mintas.
Ah meu suspiro maduro.
Acolhe meu sonho mais puro.
Pronto a caírem como frutas ao ponto.
E ri comigo das palavras que formam docemente até um conto.
É minha infantil mocidade que despontou nas piscadelas.
Resquício da vivacidade dos vinte, ou parte dela.
É isso que se sente então?
Menos dúvidas, espaços e vãos?
Ou é o pólen espalhado pela paixão??
Ah...querido ou terrível trinta.
Tu estás sendo a minha aquarela, o pincel, a tinta!
O branco está aqui a me encarar diariamente.
Puxando meu cabelo, gritando insistentemente.
Então engulo calmaria e ansiedade de uma só vez.
Como equilíbro? não sei.
Sinto vorazmente, esses trinta que escorregam no meu céu.
Azul sob olhos tristes, ou vermelho sobre a boca de mel.
Sinto teu peso, desassossego traça-me a mão.
Mas lambo sua leveza com tesão.
Então é isso trinta dulcíssimo.
Talvez seja a única missiva que remeto-te queridíssimo.
Nem sempre o vejo com tamanha abstração sentimental.
Ou total entrega, esse meu jeito passional.
Sinto-te e isso supunha bastar.

9 comentários:

Nyh! Marinho. disse...

Lindo texto, me deu vontade de fazer trinta logo, logo! rs!
Bjo

Vanuci Watson disse...

que bela maneira de envelhecer...

Fê Colcerniani Justo disse...

Hum, lindo demais... Morro de curiosidade dos trinta... Hum...

Beijosss

Romyna disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Romyna disse...

exatamente isso que se sente aos 30:

"Uma certeza de exatidão.
Uma leve despreocupação.
Uma consciência sorridente.
O deliciar-se em conhecer gente".

E, cada vez mais, passamos a nos conhecer e a curtir nossa maturidade, sem nos esquecermos das delícias da "vivacidade dos vinte", Lalitas. Com o tempo, as dúvidas, medos e incertezas desaparecem e percebemos que os 30 anos podem ser os melhores das nossas vidas. Quando chegar aos 40, e isso irá demorar muuuuuuuuuuuito, te conto como é também. kkkkkkkkkkkkkkk

AMEI O TEXTO.

Beijo imenso!

Natália A. disse...

Até quero ter trinta agora!
Confusos vinte, trinta (e quarenta, creio eu).

Adoro aqui ♥

Keidy Lee Jones disse...

Sabe que cheguei a conclusão que em qualquer época tudo será novo, novas dúvidas virão e nada perderá a graça. Repeti por muito tempo o: "nada mais me surpreende", mas ando percebendo que tudo pode acontecer!


beijos.

Henrique disse...

que bom que vc antecipou, ai com os trinta eu já sei como foi pois vi hoje... rs

Henrique disse...

saberei.... xiiii falei etezês