domingo, 27 de julho de 2008

Mudanças, acreditar e superar

Superar aquilo que nunca se imaginou passar.
Acreditar naquilo que achava impossível de te dominar.
Surpreeder-se com fatos.
Concretudes com força mutantes.
Somente atos (para alguns)
Buscar inimagináveis crenças até então de teorias somente.
Parar de sofrer com pequenas, ranger de dente.
Abrir os olhos pra um novo acontecer.
Julgar perfeitamente possível, se enternecer.
Não perder a delicadeza.
Superar seus próprios conceitos.
Desestruturar antigos jeitos.
Reavaliar posições ultrapassadas.
Acreditar em mudanças inesperadas.
Quero sempre as positivas nas minhas andanças.
Mas se as negativas forem inevitáveis.
Que no mínimo possam ser aceitáveis.

3 comentários:

Liquificadorizando disse...

A literatura como fonte de criação, surge o convite a transtornar-se, a transformar-se em alguém (que se julga) melhor para si mesmo. "Quero sempre as positivas nas andanças", nas tuas anadanças e nas nossas, que seguimos seus passos ao darmos os nossos em direções contrárias ao óbvio.

Henrique disse...

Surpreeder-se com fatos.
Concretudes com força mutantes.
Abrir os olhos pra um novo acontecer.
Superar seus próprios conceitos.
Desestruturar antigos jeitos.
Reavaliar posições ultrapassadas.
Acreditar em mudanças inesperadas.


gostei muito disso! Que bom que pensa isso! que bom! que bom!

Beijo grande

Tato Barba disse...

Ol� tudo bom?
Poxa, h� algum tempo n�o passo por aqui...
Acontece que estive ausente por esses dias, mas enfim, j� estou de volta! =)

E pude constatar, para a minha felicidade, que seus versos continuam lindos!

Beijo, at�