quarta-feira, 7 de maio de 2008

De luxo

Desprezando detalhes
Espremendo o importante
Quero ser essa errante.
Sou sua interrogação
Gosto de causar descompasso, palpitação.
Desprezando açúcares
Inserindo azedo nos dentes
Até ficar dormente.
Quero ser esse imprevisível
Só as palavras são consumíveis.
Eu sou de luxo
Sou sua interrogação.
Aprecio causar confusão, misturar sentimentos grande turbilhão.
Simplória na casca exterior
Não se engane com qualquer julgamento posterior.
Gosto de confundir
Minhas palavras sufocam teu persuadir.
Desprezando facilidades
Estou além do passível de consumir
Eu sou de luxo.
Traga o irreverente
Seja, não tente.
Menos previsível, mas extremamente doce
Me embale como se sua eu já fosse.

5 comentários:

Nyc!nha Angel disse...

"Sou sua interrogação.
Aprecio causar confusão, misturar sentimentos grande turbilhão.
Simplória na casca exterior
Não se engane com qualquer julgamento posterior.
Gosto de confundir[...]"
Fantástico!

è o amigo é o Henrique sim, ele é um fofo!
Tbm adoro os escritos dele!
Bjin!

GiSeLa LoUrEnÇo disse...

Ola.
Antes de mais, obrigada pela visita =)
Claro, que pode utilizar a imagem... :)

Também vou por teu endereço nos meus links!

Beijinhos**

Henrique disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Henrique disse...

Eu sei, o que ele vai dizer, já posso até prever aonde quer chegar... Você é como um filme ruim, que eu já sei o fim e é nada original... Pro que você não para de ser, aquele de quem, tudo já sei... E o mundo inteiro vai comemorar, no dia em que essa paz se ACABAAAAAAAARRRR!
(pato fu)

Henrique disse...

Gosto de confundir
Minhas palavras sufocam teu persuadir.
Desprezando facilidades
Estou além do passível de consumir
Eu sou de luxo.

FANTÁSTICO

Para com isso! agora eu é que tô me vendo aqui, e tem mais, como você consegue lidar com isso hein?! Esse negócio de ser Classe A Humana? Ser de Luxo? Nós temos tantos loxos, riquiza, e a pessoinha (companheira(o)) não nota e nós as sufocamos com nossas palavras, e gozamos por confundí-la... tá aí, madamefala, a confusão é atitude verdadeira da pessoa e a persuasão não! Queremos eles que não tentem ser, mas sejam por só eles e pronto, agir de face limpa [Ou abrir um sorriso quando se está sozinho],e conseguindo confundí-las nós vemos o que é de verdade...