sábado, 6 de outubro de 2007

Ia escrever muitas coisas, poderia, deveria, mas no fim resultei sinteticamente meu pensamento em algo tão simples e sublime quanto a própria palavra: o tempo.
"Compositor de destinos
Tambor de todos os ritmos
Tempo tempo tempo tempo
Entro num acordo contigo
Tempo tempo tempo tempo"
Aquele que dizem curar tudo e todas as feridas....essa música do Caetano não é a primeira a falar dessa palavrinha tão "singela"....Nana Caymmi também relatou doces versos sobre em "Resposta ao tempo" ("...batidas na porta da frente é o tempo...").
Qual o efeito do tempo? curativo?desesperador?sanador?
Se vc quiser usar no sentido bíblico será fundamental pois fará história!
Se vc usar como benefício irá recuperar partes feridas como os bichos quando tem pedaços dilacerados.E terá um efeito destruidor também se vc deixá-lo atuar como item de esquecimento.
Pode definir tempo como "espaço"...."grande vazio"...."vácuo".
Dicionário: "A sucessão dos anos, dias, horas, etc, que envolve a noção de presente, passado e futuro.2.Momento ou ocasião apropriada para que se realize uma coisa.3.Época,estação.4.As condições metereológicas.5.Gramaticalmente Flexão indicativa do momento a que se refere a ação ou estado verbal.6.Musicalmente Cada uma das partes, em andamentos diferentes, em que se dividem certas peças, como a sonata."
Gosto dele, me sinto bem pensando que ele pode amansar coisas revoltas dentro de mim, me fazer ver de forma menos severa,abrandar as dores ( não é sumí-las!), trazer o tal efeito curativo.Também vejo com bons olhos o efeito saudosista que ele trás, junto com a saudade.Aquele gostinho de "bons momentos vividos".A idéia de momento como sinônimo de tempo, ou melhor seu significado não acho bom. Tempo propício seria oportunidade, momento oportuno e não simplesmente: "tempo".
E novamente cito os versos da música de Caetano para fechar a postagem:
"Peço-te o prazer legítimo
E o movimento preciso"
Nos fones: Oração ao Tempo(Caetano Veloso)

2 comentários:

Bad Brain Machine disse...

só o tempo cura ele mesmo!
que pena que ele mesmo não seja o remédio pro meu câncer solitário!
adorei o blog.
bom findi!
beijos...

Rafael Velasquez disse...

me diverti com o que você escreveu para mim.