sábado, 19 de julho de 2008

Suportar

Suportar...
Suportar-te é falácia de questionamento alheio.
Conviver com suas sandices é o que não creio (mais).
Domar-te vc a todo momento é como fugir de muitos punhais.
Seria eu um alvo do acaso?
Imprevisíveis que me entontecem,mas não embasso.
Fatalidade dormente.
Com certeza "isso" acontece com todas as pessoas que se dizem gente.
Suportar-te (palavras e imagens) como se bebesse o próprio sangue.
Suportar...
É um importar suburbano de mim mesma.
Aguentar um suspiro abafado da própria existência.
E como conectar os cabos da resistência????
Suportar-te minha algoz.
Olhar-te esvaziada de sentimentos como quem se despe na multidão.
E pra que impregnar-te de solidão?
Infectou minhas células, meu fatos, meu subconsciente.
Suportar...
Suportar-te virou um documento com digital de sangue.
Virei também número, estatística nesse infernal mangue.
Suportar-te pra um dia fazer alguém me suportar.
Pra um futuro ver alguém usar de minhas palavras pra também suportar.

6 comentários:

Naná disse...

Suportar é ruim...superar os próprios receios e abrir mão do q incomoda é bom.
Seu suportar é poético...e tudo é tão mais fácil.

Bjo

Daise Poeta disse...

Suportar-te pra um dia fazer alguém me suportar.
Pra um futuro ver alguém usar de minhas palavras pra também suportar.

Eu amei isso!

vou pensar muito na palavra suportar agora!

Adorei!

Poetinha Feia disse...

Oi, vi o link do seu blog em um blog de uma amiga.
Gostei muito de suas palavras.
Vc escreve muito bem.
Virei por aqui sempre, porque será insuportável não ler o que vc escreve.
Bjinhos

Igor José disse...

"Com certeza isso acontece com todas as pessoas que se dizem gente."

Pois suportar faz parte do ser humano.

Ana Diniz disse...

A todo tempo suportamos o nosso ser, o dos outros, o nosso mundo e o dos outros... Mas não! Eu não suporto não. Nada que me ousa prejudicar eu suporto, nada que é insuportável eu suporto. Às vezes prefiro parecer insuportável a ter de suportar além da capacidade dos meus alicerces. Os meus princípios são rígidos a coisas sem cabimento... O ser humano precisa mesmo é de dar um basta ao egoísmo e à hipocrisia!

Amei os versos.
Grande beijo!!

Henrique disse...

depois comento esse pois ainda estou tentando decifrar: Suportar-te é falácia de questionamento alheio.

terrível(interessante), muito complicado


beijos